Vitoria Concurso Cartaz (Semana Académica - 2011)

*Clicar para aumentar a imagem
Nestas ultimas duas semanas, o tempo foi curto e de muito trabalho, depois de ter vencido o concurso para o Cartaz da Semana Académica (também chamado de queima das fitas) de Portalegre de 2011. Concurso lançado pela associação da escola de Tecnologia e Gestão assim como a associação de estudante da Escola de Enfermagem, após ser felicitado com a vitória do "template" que viria a ser o cartaz oficial, tive que tratar das alterações necessárias, o que se demonstrou ser complicado conciliar com os trabalhos do curso, mas por fim já esta terminado e já foi lançado na passada quinta feira numa festa preparada para o efeito. Posso dizer que foi um orgulho ver o meu trabalho exposto num tamanho “bem grande” que outrora nunca tinha feito.

 O conceito vai para além da festa a que se destina, o meu objectivo neste cartaz fora trazer algo mais a academia do IPP assim como a cidade de Portalegre, o objectivo inicial foi encontrar um símbolo/Mascote que pudesse simbolizar na perfeição o objectivo. E o símbolo encontrado fora a ovelha, sem dúvida um animal característico da cidade, que até se pode observar por diversas vezes na Escola de Tecnologia e Gestão. Foi feito então um estudo sobre como deveria ser a mascote, cartoon? Ou Fotomontagem? Pois o público a que se destinava o cartaz era sobretudo a camada jovem e estudante, ou seja a ovelha teria de alguma forma ser divertida, com este objectivo em mente, decidi-me pelo cartoon.

A ovelha maluca o nome que lhe foi baptizado foi originalmente criada por mim, neste post irei apenas abordar em geral o conceito do cartaz, futuramente postarei sobre todo o processo de trabalho, como esboços pensamentos e objectivos, que pela primeira vez o farei aqui no blogue. Assim que a mascote estava finalizada, o processo que a englobaria teria de ser da mesma forma colorido e divertido, que transmite-se ao observador o estado de confusão e de festa. Embora este estilo de cartaz não seja o que habitualmente gosto de trabalhar, sei que não poderia fazer de outra forma visto se destinar ao publico em questão, sendo assim tive que trabalhar para um numero grande de clientes… os estudantes e camada jovem. 

As fitas do curso foram aplicadas no cartaz de forma a evidenciar agora os cursos, a instituição académica e sobretudo o objectivo da própria festa a “Queima das Fitas”. Dei-lhe uma intenção de profundidade, vindo as fitas de cima dobrando-se e percorrendo até ao observador, e a questão ficava onde as fitas iam percorrer? Qual seria o seu “background”? o seu chão? Com estas questões tive mais uma vez oportunidade de realçar a própria cidade, juntado o útil ao agradável colocando um fundo que transmite-se os campos/montes verdes de Portalegre, com um horizonte longínquo. 

O restante estudo seria feito após ter vencido o concurso, como colocar os eventos, tipo de letra, e como seria o impacto com o observador. De facto não fora uma tarefa fácil, pois devido a complexidade do cartaz a colocação do nome e data dos eventos poderia por em risco toda solidez do mesmo. Depois de vários testes, e visto ter muitos eventos e informação a colocar, decide-me pela atitude mais certa e directa, dar mais valor e evidencia aos cabeça de cartaz para poder chamar o observador mais perto do mesmo, assim o cartaz poderá falar por ele, colocando os restantes eventos com clareza. Com este objectivo continuei com a solidez e com a percepção dos eventos de forma clara e objectiva. O meu objectivo principal fora acima de tudo trazer algo mais com o cartaz, tentado em todos os momentos não me basear no básico e no fácil, dando um toque de inovação que futuramente poderá ser aproveitado pela cidade e pela instituição académica. 

Agradeço a todos o que me apoiaram e me felicitaram na concepção do cartaz, uma vez mais provei que com trabalho gosto e dedicação, seja qual forem as nossas raízes poderemos vencer.  

3 comentários:

  1. Parabens :D
    by: Cátia Turma

    ResponderEliminar
  2. Muito Bom!
    Parabéns!
    Renata

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.